A virtualização é uma prática bastante comum na área de TI. Saiba como essa tecnologia pode ajudar PMEs a aumentarem a eficiência da sua infraestrutura!

A virtualização é uma prática bastante comum na área de TI. Com essa tecnologia, é possível criar ambientes simulados a partir de um mesmo hardware. Para fazer essa separação do sistema em diversos ambientes ou máquinas virtuais, utiliza-se um software. É possível fazer virtualização de funções de rede, servidores, dados e sistemas operacionais.

A virtualização pode ser feita a partir de um desktop ou mesmo um servidor mais potente. Apesar das semelhanças, é importante destacar que ela é diferente do cloud computing. As duas separam os recursos do hardware para outro ambiente; no entanto, a virtualização possibilita novas clouds, mas requer outros softwares para o gerenciamento do sistema e o controle dos recursos.

É possível obter muitos benefícios com essa tecnologia, em especial para pequenas e médias empresas (PMEs), como mostraremos a seguir!

Menos tempo ocioso

O objetivo de uma área de TI estratégica deve ser encontrar formas de trabalhar com o menor número possível de interrupções. Por acaso um setor chave da sua empresa perdeu preciosos minutos de produtividade por que ocorreu uma queda do servidor? Acontecimentos como esses atrapalham a rotina, diminuem a produtividade e trazem prejuízo.

É possível prevenir esses problemas utilizando a virtualização, pois as máquinas virtuais podem ser facilmente migradas de um servidor para outro. Quando uma máquina virtual está sobrecarregada, também pode ser transferida para um servidor mais robusto.

Uma utilização eficiente desses recursos auxilia a aumentar o tempo de uso sem interrupções e põe em funcionamento o máximo potencial do hardware instalado.

Aumento da eficiência do servidor

Na maioria das vezes, a virtualização tem o objetivo de melhorar a utilização de recursos, como memória RAM. Uma PME que passa a utilizar esse tipo de ferramenta consegue diminuir os custos com energia, refrigeração e até servidores físicos.

Conforme as máquinas da empresa envelhecem e precisam ser substituídas, é possível usar um único hardware potente para gerar diversas máquinas virtuais. Não parece uma grande vantagem?

Além disso, as máquinas virtuais fazem uso mais eficiente dos recursos da máquina física. Elas não precisam ser uma cópia da original, mas sim adaptadas às necessidades. Caso a máquina virtual possa ter menos poder de processamento, é possível direcioná-lo para outra.

É importante manter-se atento a possíveis gargalos de desempenho que podem fazer as máquinas virtuais piorarem suas capacidades. A gestão de ativos de TI, nesses casos, deve ser extremamente cuidadosa, tanto na criação como na manutenção de máquinas.

Melhorias na recuperação de desastres

Um desastre pode ser uma variedade de eventos, desde queda dos servidores até problemas técnicos. Quem já experimentou essas dificuldades sabe que recuperar dados, por exemplo, pode ser um grande desafio. A utilização de máquinas virtuais torna a recuperação mais eficiente e rápida. Para isso, basta utilizar cópias das imagens originais de tais máquinas.

Novamente, a virtualização é vantajosa para o pequeno empreendedor. Ele consegue direcionar o investimento para adquirir servidores secundários, fazer o backup de suas máquinas virtuais, trazendo mais segurança para os seus dados!

O maior risco para quem aposta na virtualização para backup e recuperação está no erro humano. É muito mais fácil que um funcionário descontente sabote HDs de backup do que um servidor físico. Também é possível que os colaboradores de TI realizem backups errados ou esqueçam de atualizá-los.

Redução nos custos com desenvolvimento de softwares

Comprar ou desenvolver softwares pode sair muito caro, especialmente para uma PME que ainda está crescendo. Com a virtualização, porém, é possível obter os recursos certos sem extrapolar o orçamento.

Em vez de comprar novos equipamentos, é possível criar uma máquina virtual que atenda às necessidades do desenvolvedor. Quer mais vantagens? É possível utilizar máquinas virtuais com sistemas diferentes para os testes.

Alguém que está desenvolvendo um programa consegue experimentar seu funcionamento em sistemas operacionais diferentes. Tudo isso sem precisar mudar de máquina, porque é possível utilizar a máquina virtual no próprio desktop do desenvolvedor.

Ajuda nos testes de atualizações de segurança

Não apenas os desenvolvedores conseguem facilidades para realizar testes, mas todo o setor de TI é beneficiado. A virtualização permite utilizar uma máquina virtual para testar atualizações de segurança antes de instalá-las.

É muito comum instalar uma atualização e ter problemas com lentidão no sistema. Por isso, é importante fazer testes antes de atualizar a máquina original.

A equipe de TI interna consegue, inclusive, criar uma réplica do sistema atual existente nas máquinas para isso. Assim, pode-se testar como os softwares interagem entre si e prever os problemas da nova instalação.

Diminuição de custos na aquisição de equipamentos

A virtualização trabalha com a ideia de aproveitamento dos recursos existentes na máquina física. Isso resulta em redução de custos com aquisição e manutenção de equipamentos e softwares, um grande benefício para PMEs.

Como consequência, outros custos relacionados também diminuem. Não é mais necessário gastar tanto com espaço físico, mão de obra, instalação e nem com refrigeração para máquinas completamente virtuais.

O uso de clientes virtuais ajuda até na diminuição de gastos com energia, por exemplo. Estudos apontam que as máquinas virtuais conseguem uma queda de até 88% no consumo de energia elétrica. Ela também aumenta a vida útil dos equipamentos físicos utilizados, outro importante ganho para as PMEs.

Como a Lenovo pode ajudar na virtualização da sua empresa?

Está pensando em aproveitar todas as vantagens e benefícios da virtualização? A Lenovo pode ajudar seu negócio nesse processo, como fez com diversos outros. A Zentis, uma marca de produtos processados de frutas na Europa, atualmente trabalha com sistemas 100% virtualizados. Tudo isso graças ao apoio da Lenovo e dos seus equipamentos.

A virtualização da Zentis aconteceu utilizando o Flex System da Lenovo, que comporta todos os sistemas da empresa, ajudando a garantir maior flexibilidade e eficiência na operação.

As soluções de virtualização da Lenovo são completas e podem ser moldadas às necessidades do pequeno empresário. Elas dão suporte às máquinas físicas, aproveitando todo seu potencial para a criação de máquinas virtuais. O resultado é o melhor custo-benefício e facilidade de operação.

Quer ver mais conteúdos relevantes e dicas para a infraestrutura de TI da sua empresa? Visite a página da Lenovo para PMEs.