Entenda como funciona a tecnologia Machine-to-Machine (M2M), seu impacto na TI das empresas e seus benefícios para os negócios em diversos setores!

A tecnologia Machine-to-Machine (ou M2M) possibilita o gerenciamento remoto de aplicações sem a necessidade de cabos e o compartilhamento de informações de uma forma muito mais ágil. Essa tecnologia contribui também para a tomada de decisões mais assertivas.

O M2M é mais uma tendência tecnológica que as PMEs precisam acompanhar nos próximos anos. Seus recursos permitem a automatização e, por consequência, a otimização dos processos relacionados à obtenção e mineração de dados.

O recurso é potente, mas a ideia por trás é básica: um sensor que acompanha, analisa e retém informações de situações específicas. O sistema consegue avaliar, por exemplo, tudo que acontece na etapa produtiva.

Os sensores, SIM Card, quando conectados aos dispositivos, podem transmitir e receber dados para um processador central (Big Data), onde as informações serão convertidas e, posteriormente, analisadas.

Há uma grande expectativa de crescimento no mercado em relação ao uso de M2M e das tecnologias de conectividade sem fio, a exemplo dos beacons, que operam como um serviço de notificação também livre de fios.

Segundo pesquisas da Market and Markets, estima-se que o mercado de conexões Machine-to-Machine cresça próximo dos 4,6% ao ano, entre 2017 e 2023, podendo chegar a um valor de US$ 27,62 bilhões em 2023.

Benefícios da conectividade M2M

A tecnologia M2M coleta dados e informações de uma máquina e analisa seu desempenho e níveis de produtividade. Também pode medir variações climáticas e níveis de estoque. É  utilizada em diversas áreas, como em máquinas de cartão de crédito, sistemas de alarmes de segurança e semáforos.

Dentre os inúmeros benefícios proporcionados pelo uso do Machine-to-Machine, destacamos os seguintes:

  • Possibilita o controle remoto da eficiência dos processos e das máquinas;
  • Otimiza a qualidade dos serviços prestados;
  • Antecipa soluções nos eventuais conflitos nos equipamentos;
  • Reduz custos e pode aumentar a lucratividade nos negócios.

Possibilidades de uso na TI

As formas de interação entre o ser humano e a tecnologia, como as aplicações da Inteligência Artificial e da Internet das Coisas (IoT), vêm impactando muito os negócios, em especial a área de TI. Como consequência das inovações, os colaboradores precisam ser capacitados para atender novas demandas, incluindo a gestão de um volume maior e mais complexo de dados.

Na IoT, os equipamentos recebem as informações e elas precisam ser analisadas, inicialmente, por um especialista. No caso da M2M, isso ocorre de forma autônoma.

As transações são mais eficientes: não existe a necessidade de incluir os dados manualmente. Eles são transferidos via M2M e os clientes têm a tarefa de inseri-los uma única vez.

A produtividade também é impactada, pois os dados que seriam inseridos manualmente serão automatizados, e por isso também a margem de erro é reduzida. Ou seja, o tempo é gerido de uma maneira mais eficiente.

Outras vantagens do uso da M2M na área da TI envolvem a melhoria na coleta de dados, mais eficiência na gestão de recursos e melhoria nos padrões de segurança.

Aplicações práticas

A exemplo de cases de sucesso, os setores que mais se beneficiam com essas configurações são: industrial, automotivo, de transporte, saúde, construção, agricultura e também o mercado financeiro.

Indústria

No setor industrial, é possível realizar revisões remotamente. As informações sobre o funcionamento dos componentes internos, como motor, filtros, dentre outros, podem ser detectados por meio da emissão dessas informações pelos sensores da M2M.

Automóveis

No setor automotivo, por exemplo, há um aumento de carros conectados com a tecnologia M2M através de telemetria embutida e sistemas inteligentes de entretenimento. A ferramenta busca oferecer uma experiência mais satisfatória para os usuários, tanto para motoristas, como para gerenciadores de frotas.

O uso do M2M neste setor pode fornecer a localização, prevenindo roubos e acidentes, e também permite um controle logístico por meio de rastreamento. Além disso, pode informar sobre rotas com menos tráfegos, condições climáticas e até estacionamentos disponíveis. Em outras palavras: mais segurança e agilidade nas tarefas diárias.

A M2M é uma inovação tecnológica que deve integrar um planejamento estratégico alinhado à Transformação Digital. Por isso, pode figurar entre uma das prioridades de investimento mesmo nas pequenas e médias empresas.

Gostou do artigo? Visite a página da Lenovo para PMEs e receba mais informações relevantes sobre inovação e tecnologia para empresas.