Entenda o conceito de Design Thinking e como implementar essa ferramenta para promover a Transformação Digital em pequenas e médias empresas.

O Design Thinking é uma abordagem que engloba diversas técnicas baseadas no design para elaborar estratégias e responder questões. Seu principal foco é a inovação, algo que todos ouvem falar diariamente, mas poucos sabem aplicar na vida real.

Por ser uma abordagem flexível e dinâmica, é impossível criar um guia de Design Thinking que pode ser aplicado da mesma maneira em todas as situações. A abordagem precisa ser moldada às necessidades e características únicas da sua empresa para funcionar.

Além disso, existe um pré-requisito para conseguir aplicá-la com eficiência: uma cultura de inovação.

Atualmente, o comum é que ambientes empresariais estejam focados na otimização de processos. Nada está errado nisso, pois toda organização busca melhorar seus procedimentos para economizar tempo e recursos.

O problema está na maneira como isso é feito: punindo erros e premiando acertos. Isso transforma qualquer empresa em um ambiente completamente desfavorável para a inovação.

A conciliação entre inovação e riscos

Inovação nada mais é do que assumir riscos para usar ideias novas. Riscos significam a possibilidade de errar de vez em quando e, muitas vezes, errar feio. Só uma empresa com uma cultura de inovação consegue incentivar seus colaboradores a ter ideias e apresentá-las sem medo. Após conseguir estabelecer essa cultura, está na hora de começar a usar o Design Thinking.

As técnicas envolvidas na abordagem fazem com que a inovação aconteça direcionada para o mercado. Para isso, é necessário envolver todos os setores da empresa e ainda considerar os gostos e pensamento do consumidor, que está no centro da Transformação Digital.

Apesar de parecer trabalhoso, os resultados costumam valer a pena. Uma empresa que aplica as técnicas consegue se tornar mais relevante para o mercado e ajuda a incentivar seu crescimento.

Quem pode usar o Design Thinking?

Quando pensamos em inovação, é comum pensarmos em negócios criativos. A cada nova ideia, surge mais um produto, filme ou alternativa de merchandising para que essas empresas obtenham lucro e se tornem ainda mais difundidas entre seus públicos.

Mas será que a inovação deve estar ligada somente a empresas focadas no setor criativo? O Design Thinking aponta que não. Seus resultados mostram que inovar é questão de sobrevivência e uma necessidade para qualquer empresa.

Como usar o Design Thinking na sua empresa?

Para implementá-lo, é preciso seguir alguns passos que garantam que as ideias sejam aplicadas. Mesmo que exista um grande número de ideias, se elas não saírem do papel, a transformação não acontece.

Em geral, utiliza-se os seguintes passos para aplicar o Design Thinking na organização:

  1. Pesquisar: é indispensável pesquisar o mercado de maneira qualitativa e quantitativa para entender o comportamento do consumidor que se pretende atingir;
  2. Definir: sempre há um problema que precisa de solução — isso exige um envolvimento de toda a empresa para analisar processos atuais e ver o que está deixando a desejar;
  3. Idealizar: fase de criação de ideias, utiliza técnicas como o brainstorming para conseguir o maior número de ideias possíveis entre as equipes;
  4. Selecionar: depois, é preciso usar um processo de seleção criterioso para definir quais são as que realmente valem a pena;
  5. Executar: desenvolver protótipos para conseguir feedback dos demais na empresa e também dos stakeholders. Depois de aprovado, também é necessário criar um plano de execução e colocá-lo em prática.

Ao implementar o Design Thinking em uma empresa, a intenção é conseguir ideias inovadoras e que possam gerar resultados. Para isso, é preciso levar sempre em consideração quais tipos de oportunidades e ameaças as mais novas tecnologias oferecem. Assim, o negócio é capaz de se adaptar rapidamente às tendências e promover uma experiência positiva para o cliente.

Design Thinking para promover transformação digital em PMEs

Pequenas e médias empresas muitas vezes têm dificuldades para acompanhar e se adaptar ao ritmo acelerado e constante da Transformação Digital. A utilização do Design Thinking e a criação de uma cultura de inovação são a oportunidade de se renovar constantemente e garantir crescimento.

Grandes empresas começaram a usar o Design Thinking como uma maneira de se reinventar em um período em que produtos e serviços se tornam obsoletos em questão de dias. Por isso, está na hora de PMEs começarem a fazer o mesmo e ganharem destaque em seus mercados.

Confira mais conteúdos sobre inovação e negócios na página da Lenovo para PMEs!