Referência em inovação e qualidade atualmente, a linha ThinkPad da Lenovo teve uma trajetória marcada por revoluções. Conheça sua história!

Atualmente, no mundo corporativo, é comum lidar com dezenas e até centenas de equipamentos. Dependendo do setor, cada funcionário tem sua própria máquina para o trabalho. Nem sempre foi assim. Muita coisa mudou do ENIAC para o ThinkPad P50s.

Antes de as empresas começarem a se digitalizar, os computadores eram artigo de luxo. Eles tinham pouquíssima memória e seu funcionamento dependia de cartões de ponto e fitas magnéticas. Eram máquinas enormes, nada práticas e com funcionalidades limitadas. O preço também não era acessível. Por isso, até as empresas tinham dificuldades para adquirir e manter um computador.

Nos primórdios, também não existia Wi-Fi, drivers de CD e DVD e nem sistemas que, hoje em dia, facilitam muito o trabalho. Operar um computador era um verdadeiro desafio e poucos profissionais estavam capacitados para isso.

Tudo mudou! O universo corporativo mergulhou na Transformação Digital e os computadores se tornaram itens mais pessoais. Aos poucos, características como preço e tamanho diminuíram e chegamos a época em que os aparelhos revolucionaram a troca de informações.

Primeiro notebook com CD-ROM

A dificuldade inicial estava na memória, considerada um limitante para qualquer usuário. Somente em 1956, o primeiro driver começou a ser usado, dando início à revolução das memórias dos dispositivos. Em 1971, veio o disquete que, para a época, representava uma ótima forma de guardar arquivos e softwares. Hoje, todos sabemos que sua capacidade de armazenamento era bastante limitada.

Ao longo do tempo, o próprio desenvolvimento dos computadores começou a exigir formas de transferir dados em maior quantidade. Em 1982, os CDs se tornaram o meio mais usado para guardar arquivos e salvar programas.

Apesar de ter um novo meio de instalar softwares usando o CD, os notebooks da época não acompanharam o desenvolvimento. O mercado carecia de um dispositivo com CD-ROM integrado.

A Lenovo sempre acompanhou o desenvolvimento tecnológico, criando à frente do seu tempo. Assim, surgiu o ThinkPad 755CD.

Em 1994, quando foi lançado, era impensável usar CD-ROM no computador portátil. Alguns anos depois, quando veio o DVD, a Lenovo também foi a primeira a investir em tecnologia para notebooks. O ThinkPad foi o primeiro a vir com o leitor de DVD-ROM. Desde então, a Lenovo continua investindo nas tecnologias mais modernas para garantir qualidade e inovação.

Primeiro notebook com dispositivo wireless integrado

Houve uma época em que se conectar à internet era extremamente trabalhoso. Quem tinha notebook ficava limitado, porque só conseguia acessar a rede onde era possível usar um cabo. A internet sem fio e a chegada dos smartphones e tablets trouxe a conectividade para todo e qualquer lugar.

As empresas maiores aderiram ao universo sem fio, com cartões que eram conectados ao computador portátil. Para os funcionários, a praticidade era ótima, mas infelizmente não acessível a todos. A maioria das pessoas não estava disposta a comprar um equipamento novo para utilizar com seu computador portátil.

Foi então que a Lenovo percebeu a necessidade de lançar um computador com a conexão Wi-Fi integrada, facilitando a vida do usuário. Essa ideia marcou o surgimento do ThinkPad i series 1300. E não foi nada fácil! Por muito tempo, equipes de TI em todo o mundo tentaram lançar equipamentos com Wi-Fi integrado.

A equipe Lenovo superou o desafio ao instalar a antena de conexão na parte de cima da tela. Assim, era possível se conectar sem interferência e dar praticidade a todos os usuários. A conexão fácil e de qualidade se tornou um dos grandes diferenciais da linha, mantida até a atualidade.

Primeiro notebook com subsistema integrado de segurança

A segurança é essencial para PMEs. No início dos anos 2000, a tecnologia dos computadores portáteis se espalhava rapidamente. O que eles desconsideraram é que a portabilidade também havia trazido novas exigências de segurança.

Para a equipe Lenovo, era só questão de tempo até que o mercado começasse a exigir equipamentos cada vez mais seguros. Por isso, o desenvolvimento do ThinkPad T23 adiantou essa tendência.

Ele foi o primeiro notebook com um subsistema integrado de segurança que permitia o uso de criptografia, o bloqueio de arquivos e a criação de senhas melhores. O que hoje é padrão em quase todas as máquinas foi praticamente uma revolução na época.

Evolução do teclado

Os computadores portáteis surgiram como uma grande inovação no mercado, trazendo praticidade para os usuários. Infelizmente, a praticidade tinha um preço: um teclado com uma experiência incompleta de digitação.

Mais uma vez, a Lenovo trabalhou para que seus equipamentos oferecessem a melhor experiência ao usuário e levou cada tecla à perfeição. Quem já usou um ThinkPad sabe: digitar naquele teclado não tem comparação!

O primeiro equipamento com um estilo de teclado similar ao atual foi o ThinkPad X1. Ele adotava as teclas estilo ilha, que possuem a frente arredondada e a parte de trás reta. O design possui dois objetivos: deixar a digitação mais cômoda e dar um visual diferenciado ao equipamento.

Para melhorar ainda mais a experiência, a Lenovo investiu em pesquisas e ouviu os próprios usuários a respeito das suas preferências de digitação. O resultado pode ser visto e sentido até hoje.

O ThinkPad atualmente

A Lenovo nunca parou de investir em pesquisas para criar os melhores equipamentos. Por isso, o atual ThinkPad é um notebook diferenciado, leve, com o melhor teclado do mundo, impecável no aspecto segurança e com capacidade de processamento arrojada.

Usar um ThinkPad é uma experiência diferente. É possível até que você coloque o notebook na mochila e não sinta o peso do aparelho ao transportá-lo.

Foi assim com o Diretor de TI da iHeartMedia. Para ele, o ThinkPad P50s é uma estação de trabalho completa, que substituiu todos seus outros computadores e notebooks. Depois disso, ele estendeu a revolução para a sua empresa, transformando para sempre o dia a dia em seu negócio.

E o seu negócio, vai acompanhar a evolução do tempo? Visite a página da Lenovo para PMEs para ler mais conteúdo relevante sobre negócios e inovação.